meu nome

(meu nome, acrílica s/ tela)

Não, meu passado nunca se encaixou no seu todos eles fumavam muito, os adultos tiravam muitas fotos em nenhuma festa de aniversário e todos eles se vestiam da mesma forma, como se fossem de um país comunista nenhum casamento mas eu sabia onde era, e todos tinham alguma permissão para ser como eram, e você também cresceu lá minha casa não ficava ao lado da sua éramos vizinhos e nossos pais nunca chegaram a se cruzar na rua. Você se esquece de si mesmo, e quando toma as fotos dos outros e vê o próprio rosto no rosto de um rapaz que você supõe ser meu irmão, ou simplesmente acredita que éramos irmãos você, aqui, era minha irmã mais velha também enquanto minha mãe teve o azar de conceber apenas uma vez e ter uma fama ruim entre as vizinhas e todos eram muito unidos e felizes ela tinha ataques de histeria, de modo que papai a levava a todos os médicos do mundo e minha família não se fixava nunca em algum lugar nossos pais eram biólogos, por isso que nós viajávamos tanto e eu nunca toquei em você um dia invadimos aquela casa abandonada, coisa de criança e você não sabe como meu corpo é havia uma cama no segundo andar você tem essa cicatriz na barriga por causa de uma apendicite você não sabe nem mesmo o meu nome.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em laura cohen

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s